Pesquisar este blog

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Momento

Eliane F.C.Lima

Façam silêncio enquanto o homem chora...
qualquer sussurro pode perturbá-lo.
Deixem o coração se indo embora,
saindo pelos olhos, rosto afora.
Façam silêncio enquanto o homem sofre...
fechada a agonia como em cofre.
Deixem o peito ir se dilatando,
farto de dor e palpitando cheio.
Um só gemido posto a mais no meio
pode rompê-lo, assim o estrago feito:
o sofrimento vazo pelo chão,
esfacelada a alma ao pé do leito,
mudo já e estraçalhado o coração.

2 comentários:

L. Rafael Nolli disse...

Eliane, belíssimo poema - tem um ritmo e uma rima cativante; mas o que mais toca é o tema, é a sua sensibilidade em nos mostrar esse homem que pode ser perturbado por um sussurro, um gemido... Muito bom.

Teresa disse...

Lindo.
Gostei de cada palavra, cada sentimento, cada imagem!!!