Pesquisar este blog

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Cronos

Eliane F.C.Lima (Registrado no Escritório de Direitos Autorais - RJ)

O tempo não faz acordos,
senhor de nossos destinos,
sentado em seu trono e Olimpo.
Arrojados a seus pés,
nós não passamos por ele,
ele, passando por nós:
“Não me importa quem tu és.”
Não nos ouve,
não nos vê,
seu olhar no infinito,
seu olhar na eternidade.
Ao longo de toda idade,
seus pés de nuvens e ferro,
marca-nos o corpo e o rosto,
com seu rosto jovem e eterno.
Inconsciente da força,
como onda gigantesca,
não há rogo que o torça,
arrasta o mundo na ida,
alheio a tudo que é vida.


Aguardo sua visita em Conto-gotas (link) e Literatura em vida 2 (link).

Um comentário:

Pedra do Sertão disse...

Oi, Eliane, vim conhecer seu outro espaço e já me fixei...Apareça para conhecer o Pedra do Sertão...vou colocar seu link com o trabalho de Auta de Souza para meus estudantes...

Abraço,

Araceli

www.pedradosertao.blogspot.com