Pesquisar este blog

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Aniversário do blogue

Ontem foi aniversário deste blogue. Eu não podia deixar de comemorar, mesmo com atraso. Portanto reproduzo o poema que lá postei, há um ano atrás.

Da lagarta e do casulo

Eliane F.C.Lima

Gesto dentro de mim uma lagarta prateada
que tormentosa não se quer dar ao mundo.
Da borboleta despreza o colorido profano.
É o sozinho seu campo de batalha,
a escuridão seus ataques contínuos,
o recuar o seu golpe fatal.
E se enrosca... e luta,
e se introverte... e lança.

(Agradeço aqui a foto lá de cima ao site "Imagens por favor." (link)

E aqui está a nova postagem, que havia sido colocada ontem, dia do aniversário, mas que transfiro para hoje, para que não fique esquecida lá atrás.

O mutante

Eliane F.C.Lima

Misturado a outros animais,
é anjo, sereia, centauro, esfinge,
cabeça humana sobre todos.
Insatisfeito, vira deus.
E expulsa a si mesmo do paraíso.
(Em 12-09-2010)

Quem gostou de meu poema está convidado a ler meu novo conto em Conto-gotas (link) e minha postagem sobre Helena Kolody em Literatura em vida 2 (link).

5 comentários:

Assis Freitas disse...

vida longa ao blog e a tua mágica poesia, parabéns


abraço

Sonia Pallone disse...

Querida, que venham muitos outros felizes aniversários, para alegria de quem gosta de estar aqui, usufruindo da tua poesia. Bjs.

ju rigoni disse...

Parabéns, Eliane, pelo primeiro aniversário do Poema Vivo. Mas este é só o primeiro dos muitos que virão. E os poemas,lindos e precisos, dando um toque especial à comemoração.

Bjs, amiga. E inté!

Marise Ribeiro disse...

Querida Amiga, chegando atrasada para a festa, mas trazendo no coração a felicidade e o orgulho de poder usufruir da sua magnífica inspiração.
Que a sua poesia possa voar longe e pousar na eternidade!
Parabéns e sucesso, sempre!
Beijos, Marise Ribeiro

Cláudio B. Carlos (CC) disse...

Retribuindo a visita...

Gostei dos poemas.

Cheguei em boa hora, né? Feliz aniversário!