Pesquisar este blog

sábado, 24 de março de 2012

Matura idade

Eliane F.C.Lima (Registrado no Escritório de Direitos Autorais - RJ)

Juventude é pensar: há um futuro,
quando tudo acontece,
completamente.
Pois, no futuro, se vive
plenamente.
E, jovem, se é feliz,
porque há um futuro
e o futuro não mente.
No futuro se é belo,
se é rico, se é magro,
se viaja, se ama
e se alcança o sucesso,
indubitavelmente.
O futuro é o sonho
e a juventude é o sonho,
inconsequente.
E o futuro chega.
Mas travestido de presente.
Empurra a beleza, a riqueza,
a magreza, a viagem,
o amor, o sucesso
para a frente.
Velhice é perceber:
não há futuro.
Simplesmente.

Visite, ainda, meus blogues Literatura em vida 2 (link) e Conto-gotas (link).

2 comentários:

Marise Ribeiro disse...

Eliane, magistral o seu poema, apesar do olhar pessimista, ou seria realista?
Beijos,
Marise Ribeiro

Fernanda disse...

Será?
Desculpa amiga, mas estás demasiado drástica :)
Quero acreditar que vou chegar aos 80 fresca e com um brilhozinho nos olhos.

Feliz Páscoa

Beijinho